Sustentabilidade no turismo

Página Inicial / Notícia / Negócios Turísticos / Sustentabilidade no turismo

A procura pelo turismo de natureza é uma tendência mundial. Segundo a Organização Mundial do Turismo (OMT), a expansão do segmento está entre 15% e 25% ao ano.  Em janeiro de 2015, uma resolução da Organização das Nações Unidas (ONU) reconheceu o turismo sustentável como ferramenta para viabilizar economicamente a proteção de unidades de conservação, bem como para o desenvolvimento local.

Mas as práticas sustentáveis no turismo não devem ser centralizadas apenas nas áreas de conservação naturais. Dados da pesquisa de Percepção da Responsabilidade Social Empresarial pelo Consumidor Brasileiro – realizada pelo Instituto Akatu – apontam que os consumidores estão mais informados sobre sustentabilidade, têm mais interesse pela reponsabilidade social empresarial e estão mais críticos em relação à postura das empresas em todos os segmentos.

Com o mercado mais exigente e o contexto de crise econômica e ambiental vividos atualmente no Brasil, adotar medidas responsáveis pode ser um diferencial.  Além disso, práticas que incluem os temas socioambientais na gestão dos negócios turísticos tornam as empresas mais capazes de lidar, prever e atuar com riscos e oportunidades no cenário brasileiro. 

Orientações práticas

Visando incentivar e auxiliar a implantação de práticas sustentáveis em empreendimentos turísticos, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), por meio da campanha Passaporte Verde, lançou o documento “Ecoeficiência em Empreendimentos Turísticos: Orientações Práticas”.

O guia é voltado para empresários e gestores do setor de turismo, em especial os de hospedagem e alimentação. Ele contém dicas para a redução do consumo de água e energia, do desperdício de alimentos, para a gestão de resíduos e o planejamento financeiro.

Confira o guia completo aqui.

Postagens Recentes