Desemprego sobe para 7,9% em outubro

Página Inicial / Notícia / Economia / Desemprego sobe para 7,9% em outubro

Segundo a Pesquisa Mensal do Emprego, divulgada neste mês pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de desemprego atingiu, em outubro, 7,9% para o conjunto das seis regiões metropolitanas pesquisadas*. O índice ficou 0,3 ponto percentual (p.p.) superior ao mês de setembro e 3,2 p.p. mais alto do que o observado no mesmo mês de 2014.

Para o economista da Fecomércio MG, Guilherme Almeida, a tendência é de que o desemprego continue a subir nos próximos meses. “A atividade econômica segue fraca. Vemos retrações expressivas no comércio e na indústria. Esse declínio se traduz em uma menor quantidade de postos de trabalho gerados e no aumento do desemprego. Somado ao cenário recessivo da economia, observa-se um movimento de pessoas que se situavam na chamada população inativa, seja de estudantes que se formaram e agora procuram emprego ou pessoas que antes estavam obtendo renda de alguma outra forma.”

O rendimento dos trabalhadores voltou a apresentar recuo. De setembro a outubro, a retração foi de 0,6%. Com um valor de R$ 2.182,10, o montante foi 7% menor em relação ao registrado no mesmo período de 2014. “A queda aponta para uma redução no consumo das famílias em 2015. Esse foi o motor do crescimento da economia brasileira nos últimos anos, mas o movimento se esgotou”, completa Almeida.

Em Belo Horizonte, o índice de desocupação chegou a 6,6% em outubro, 0,7 p.p. a mais do que em setembro, e 3,1 p.p. superior ao mesmo período do ano passado. O rendimento médio real do município acompanhou a tendência nacional, tendo retraído 7,8% na comparação anual.

*As seis regiões metropolitanas pesquisadas pelo IBGE foram: Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

Postagens Recentes