E-commerce conquista belo-horizontinos

Página Inicial / Notícia / Economia / E-commerce conquista belo-horizontinos

Nesta sexta-feira, dia 27, o e-commerce nacional será movimentado pela realização da Black Friday, ação de vendas anual que mobiliza o comércio eletrônico com a oferta de descontos e promoções diferenciadas. O mercado de vendas on-line, que tem crescido em todo o país, já é opção de compra da metade dos belo-horizontinos (50,2%), conforme a pesquisa especial do segmento, desenvolvida trimestralmente pela área de Estudos Econômicos da Fecomércio MG.

O estudo, realizado com empresários e consumidores da capital, traça um panorama do e-commerce na cidade, demonstrando que a atividade tem conquistado a confiança de ambas as partes. “Tanto os gestores quanto os consumidores afirmaram que se sentem seguros em trabalhar (56%) e comprar (60%) nos meios eletrônicos, o que demonstra o potencial de desenvolvimento do setor”, analisa o economista da Fecomércio MG, Guilherme Almeida.

Segundo a pesquisa, 23,3% dos empresários trabalham com e-commerce e 8% dos que não atuam no mercado on-line pretendem ingressar. “O comércio virtual muitas vezes é a porta de entrada para um negócio autônomo; em alguns casos apresenta custos operacionais menores e, quando bem divulgado, amplia as fronteiras da companhia”, avalia o economista, destacando que os itens mais comprados no e-commerce são os eletrônicos (26,8%), os calçados (16,2%) e as roupas (13,4%).

Black Friday

Conforme expectativa da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), a ação de vendas, neste ano, deve movimentar R$ 1 bilhão – valor 20% superior à expectativa do ano passado. Mas, para o economista da Fecomércio MG, Guilherme Almeida, é preciso ter planejamento e cautela para fechar bons negócios durante a promoção. “É preciso analisar sistematicamente a sua situação atual para definir a melhor forma de adesão. Isso vale para empresários e consumidores”, afirma Guilherme, que selecionou algumas dicas para que todos possam aproveitar as oportunidades da data. Confira:

 

Estratégias para a Black Friday 2015

Empresários

  • Ofereça descontos realistas: não comercialize com uma margem de lucro pequena. Vender com uma margem muito baixa não proporciona ao empresário capital giro;
  • Não mascare ofertas: seja sincero quanto ao valor original do produto. Com os consumidores cada dia mais informados, a “maquiagem” dos preços pode significar a derrocada para a marca do empreendimento;
  • Invista em infraestrutura tecnológica: falhas técnicas, lentidões e quedas nos acessos dos sites comprometem o sucesso das vendas. Investir em infraestrutura, tecnologia de alta performance e segurança da loja virtual é fundamental;
  • Planeje o estoque: Um estoque muito pequeno de produtos pode comprometer a imagem da marca ao deixar os consumidores frustrados. A Black Friday é uma boa oportunidade para a renovação do estoque: separe aqueles produtos que em breve serão substituídos para a promoção;
  • Negocie com o fornecedor valores e formas de pagamento. Isso serve de insumo para o desconto que será concedido aos clientes;
  • Antecipe as promoções;
  • Campanhas de frete: garanta, se possível, a entrega gratuita. Essa ação é um diferencial nesta data. Mas analise detalhadamente o seu negócio e faça um planejamento do estoque, dos operadores logísticos e da margem de lucro;
  • Entrega: cumpra as entregas nos prazos estabelecidos;
  • Invista na comunicação: uma boa comunicação pode garantir que a marca saia na frente. Ações de e-mail marketing são fundamentais;
  • Ofereça diversas formas de pagamento: repense o boleto, pois muitas pessoas, por não possuírem o cartão de crédito, preferem essa modalidade.

 

Consumidores

  • Prepare uma lista de desejos: elabore uma lista com os produtos que deseja comprar durante a Black Friday;
  • Analise seu orçamento: prepare um levantamento com suas despesas e receitas para definir as melhores condições de pagamento durante as compras;
  • Pesquise preços: monitore os preços dos seus itens de desejo em sites de interesse durante um período anterior, assim você saberá se o desconto realmente está valendo a pena;
  • Pesquise a reputação da empresa em que fará a compra: visite sites oficiais da promoção para saber se a empresa está credenciada (blackfriday.com.br); procure o selo oficial da promoção, elaborado pela Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico, que estabelece critérios e um código de ética às empresas participantes; consulte sites especializados em reputação de empresas.
  • Avalie os diferenciais oferecidos: fique atento aos diferenciais que agregam valor à compra, como frete grátis, desconto para pagamento à vista e o oferecimento de brindes;
  • Formas de pagamento: avalie as formas de pagamento oferecidas e lembre-se de que o cartão de crédito deve ser utilizado como um instrumento de controle de gastos, e não como complemento da renda, uma vez que a sua taxa de juros é a mais alta do mercado (414%) e o descontrole pode levá-lo à inadimplência.
Postagens Recentes