Evolução da atuação sindical

Página Inicial / Notícia / Geral / Evolução da atuação sindical

Os principais eixos da atuação sindical foram o tema do encontro do Sistema de Excelência em Gestão Sindical (Segs), realizado pela Fecomércio MG no dia 27 de abril, em Belo Horizonte. Criado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o programa visa incentivar a excelência na gestão de federações e sindicatos, capacitando líderes e executivos sindicais para que tenham uma atuação mais eficaz em prol dos interesses das empresas que representam.

Em uma analogia com os cuidados necessários com a saúde, o consultor da CNC Leonardo Fonseca chamou a atenção dos participantes para a identificação de problemas e soluções, que variam de acordo com cada entidade. “O Segs é o raio-X do que os sindicatos precisam fazer. É fundamental realizar um diagnóstico individual e tomar as medidas necessárias a partir dessa análise”, disse.

Eixos de atuação

Relações sindicais, representação, atuação legislativa, produtos e serviços, comunicação e atuação gerencial foram os seis eixos sobre os quais profissionais dos sindicatos e da Fecomércio MG debateram no encontro do Segs. “Trata-se de um conjunto de fatores que estão conectados e que precisam ser observados por todas as entidades”, afirmou Nayara Alves, multiplicadora do programa na Federação.

Confira, a seguir, os destaques de cada eixo, de acordo com Leonardo Fonseca:

  1. Relações sindicais: relacionamento que as entidades sindicais têm junto às empresas representadas, desde o atendimento às demandas, a realização de convenções coletivas, o treinamento dos negociadores e líderes sindicais até a facilitação para as arrecadações sindicais.
  2. Representação: atuação nas instâncias de representação, ou seja, nos conselhos, fóruns deliberativos e consultivos, participação em câmaras, grupos de trabalhos no poder executivo e ações judiciais e administrativas.
  3. Atuação legislativa: ações de acompanhamento e posicionamento em relação aos projetos de leis, proposição de novos projetos, desenvolvimento de pessoas para atuação junto às casas legislativas, entre outros.
  4. Produtos e serviços: iniciativas como a disponibilização de pesquisas econômicas, identificação de necessidades dos representados, ampliação e oferta de produtos e serviços, assessoria jurídica, certificação digital etc.
  5. Comunicação: atividades relacionadas à elaboração de materiais publicitários para a divulgação de ações e serviços, site, divulgação de notícias e pesquisas destinadas à imprensa, media training, entre outros.
  6. Atuação gerencial: ações como planejamento estratégico, gestão de projetos, definição de indicadores, monitoramento de resultados, gestão dos processos internos e participação no Segs.

Troca de conhecimentos

Em uma dinâmica conduzida pelo consultor da CNC, os participantes do encontro se reuniram em grupos para debater os seis eixos de atuação e identificar soluções para os problemas levantados. Segundo a secretária executiva do Sindcomércio de Sete Lagoas, Alessandra Abreu, foi uma excelente oportunidade de conhecer as necessidades de outros sindicatos. “Percebi que os problemas enfrentados são bem parecidos. Tivemos a chance de discutir, com outros profissionais, soluções que podemos levar para o nosso sindicato”, destacou.

Segundo a coordenadora contábil da Fecomércio MG, Luciene Franco, o treinamento proporcionou um conhecimento mais profundo sobre as entidades sindicais. “Foi possível entender melhor como os sindicatos trabalham, uma vez que na Controladoria não atuo na linha de frente com eles”, disse.

Postagens Recentes