Taxa de desemprego sobe no Brasil

Página Inicial / Notícia / Economia / Taxa de desemprego sobe no Brasil

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnadc), realizada em cerca de 3.500 municípios pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), registrou taxa média de desemprego de 11,2% no trimestre encerrado em abril de 2016. Trata-se do maior indicador da série histórica, iniciada em 2012. A população fora do mercado de trabalho chegou a 11,4 milhões de pessoas, 42% a mais que o observado no mesmo trimestre de 2015.

Para o economista da Fecomércio MG, Guilherme Almeida, a tendência é que o mercado de trabalho continue desaquecido até o fim deste ano, seguindo o ritmo da conjuntura. “É esperada uma deterioração adicional, com mais fechamentos de postos de trabalho, devido à baixa atividade econômica. Porém, o processo de retomada da confiança já está em curso, especialmente no setor de serviços, que pode recuperar os indicadores de emprego mais cedo que o previsto”, avalia.

Na última semana, o Ministério do Trabalho e Emprego divulgou os números referentes aos postos de trabalho no mês de abril. Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) cerca de 60 mil pessoas perderam o emprego no mês (378 mil no ano). Minas Gerais gerou quase quatro mil postos em todos os setores no quarto mês de 2016. No ano, porém, o Estado acumula o fechamento de aproximadamente 27 mil postos de trabalho.

Acesse a pesquisa completa por meio deste link.

 

Postagens Recentes