Queda no volume de vendas do comércio

Página Inicial / Notícia / Capa / Queda no volume de vendas do comércio

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou os números da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) referentes ao mês de maio. O Indicador de Volume de Vendas apresentou retração de 1%, em relação a abril. Comparando com o mesmo período do ano passado, o índice retraiu 9%. O volume de vendas, que no acumulado de 12 meses caiu 6,5%, segue influenciado pela deterioração dos indicadores macroeconômicos e pela falta de confiança dos agentes na economia. Para o varejo ampliado, os índices de vendas seguem piores: -10,2% na comparação mensal e -9,7% no acumulado de 12 meses.

O economista da Fecomércio MG, Guilherme Almeida, destaca que o mercado de trabalho enfraquecido e o contínuo processo de encarecimento do crédito impossibilitam uma recuperação do varejo. “Apesar da desaceleração da inflação, as famílias continuam sendo afetadas pelos fatores que influenciam o consumo, como altas taxas de desemprego, crédito restrito e baixa confiança no âmbito político-econômico. O fato de o varejo estar na ponta da cadeia produtiva faz com que o setor sinta mais as oscilações macroeconômicas”, avalia Almeida.

Em Minas Gerais, o indicador mostrou retração de 0,1%, na comparação de maio com abril de 2016, para o varejo restrito. Nas demais bases de comparação o resultado foi de -3,1% em relação a maio de 2015, -1,3% no ano e -1,5% em 12 meses.

Acesse a Pesquisa Mensal do Comércio na íntegra neste link.

Postagens Recentes