Brasil fecha mais de 600 mil postos de trabalho

Página Inicial / Notícia / Economia / Brasil fecha mais de 600 mil postos de trabalho

O Brasil perdeu 94.724 vagas formais de emprego em julho, conforme os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Segundo o levantamento, o país perdeu 94.724 vagas formais no mês, saldo obtido com a diferença entre as 1.168.011 contratações e 1.262.735 demissões. Como esse último resultado, o país apresenta um total de 623.520 fechamentos de postos de trabalho em 2016.

Entre os setores produtivos, o comércio é responsável pelo maior número de fechamentos, 268.403, respondendo por 43% do saldo do período. Na avaliação do economista da Fecomércio MG, Guilherme Almeida, as sucessivas quedas nas vendas e a deterioração do quadro econômico nacional impossibilitaram a manutenção de empregos, resultando em vários casos de fechamento de estabelecimentos. “Em um cenário recessivo, manter o nível de empregabilidade torna-se um desafio. Quando analisamos o setor comercial, esse fato é ainda mais complicado. O fato de o consumidor estar comprando menos gera queda nas receitas dos estabelecimentos que, com os custos já elevados e as dificuldades em manter seus negócios, recorrem à exclusão de vagas ou, até mesmo, da própria empresa.”

Em Minas Gerais, foram fechados 20.864 postos de trabalho entre janeiro e julho deste ano. Entre os setores analisados, apenas a agropecuária apresentou saldo positivo, gerando quase 50 mil empregos no período. Comércio e serviços fecharam juntos, aproximadamente, 41 mil postos.

Postagens Recentes