Empreendedorismo e inovação marcaram a SuperMinas 2016

Página Inicial / Notícia / Empreendedorismo e inovação marcaram a SuperMinas 2016

Um dos grandes desafios para os empresários nos próximos anos é aprimorar o espírito empreendedor e as ações de inovação para crescer, mesmo diante de um cenário adverso. Essa foi uma das mensagens da 30ª edição da SuperMinas Food Show, a maior feira do segmento supermercadista e da panificação do Estado, que aconteceu de 18 a 20 de outubro, no Expominas, em Belo Horizonte.

Na cerimônia de abertura, na última terça-feira (18), o empresário Alexandre Poni, sócio-fundador da rede Verdemar e presidente da Associação Mineira de Supermercados (Amis), destacou que foi apostando em iniciativas pioneiras que o segmento se consolidou entre os maiores do país ao longo dos anos. “A própria história da SuperMinas reflete isso. Ela foi criada em um cenário em que tudo era desfavorável. Mas o supermercadista é empreendedor e não se intimidou”, relatou.

O presidente do Sistema Fecomércio MG, Sesc, Senac e Sindicatos, Lázaro Luiz Gonzaga, enfatizou a importância do evento para o segmento varejista em Minas Gerais. “A SuperMinas é uma grande oportunidade para a realização de negócios, acompanhamento das tendências e, principalmente, de debate entre os empresários. Tudo isso é essencial para a expansão do varejo”, afirma. No estande do Sistema, a Fecomércio MG apresentou seus produtos e serviços voltados para o empresariado. Sesc e Senac ofereceram atividades interativas para o público, como a Cápsula dos Sentidos, um quiz com direito a premiação e sorteio de brindes. Representantes do Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios de Belo Horizonte (Sincovaga BH) e do Sindicato do Comércio Atacadista de Gêneros Alimentícios de Belo Horizonte e Contagem (Sincagen) também estiveram presentes.

O presidente da Associação Mineira da Indústria da Panificação (Amipão), José Batista Oliveira, acrescentou que este é o momento para valorizar as iniciativas inovadoras, pioneiras, e fortalecer os negócios. “O Brasil começa a encontrar seu caminho. É claro que são necessárias muitas mudanças, mas também é preciso estar preparado para identificar desafios e aproveitar as oportunidades”, concluiu. Nesse sentido, ele avalia que encontros como a SuperMinas são fundamentais para a troca de experiências e a realização de discussões sobre o futuro.

A 30ª edição da SuperMinas terminou com um balanço positivo e otimista. Conforme a Amis e a Amipão, organizadoras do evento, a feira movimentou cerca de R$ 1,7 bilhão em negócios, um novo recorde. Em três dias de evento, 430 expositores apresentaram produtos e serviços a supermercadistas, panificadores, atacadistas, distribuidores, representantes e fornecedores do ramo varejista. Ao todo, foram 53,5 mil participantes de 650 municípios mineiros e de outros Estados, e 340 produtos lançados.

Postagens Recentes