Olimpíadas geraram poucos negócios em MG

Página Inicial / Notícia / Negócios Turísticos / Olimpíadas geraram poucos negócios em MG
A realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos no Rio de Janeiro, de 5 a 21 de agosto e 7 a 18 de setembro, respectivamente, gerou pouco movimento para o comércio de bens, serviços e turismo de Minas Gerais. Apenas 3,2% dos empresários de Belo Horizonte, Juiz de Fora e Uberlândia notaram algum impacto no Estado, e 1,1% registrou efeitos positivos no próprio estabelecimento. Os dados são da pesquisa realizada pela área de Estudos Econômicos e pelo Núcleo de Turismo da Fecomércio MG, em parceria com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Minas Gerais (Abrasel MG), Sindicomércio Juiz de Fora e Sindicomércio Uberlândia.

As três cidades foram as únicas mineiras a sediar mais de uma atividade da Rio 2016, incluindo a recepção das delegações de outros países. “O estudo mostrou que as Olimpíadas não impactaram o comércio de forma expressiva em Minas. O incremento na demanda para esses setores foi pequeno, devido às poucas ações que ocorreram no Estado e, consequentemente, geraram pouca atração de turistas”, afirma a analista de pesquisa da Fecomércio MG, Elisa Castro. No caso das empresas que atingiram bons resultados, os principais benefícios citados foram aumento das vendas, crescimento no fluxo de turistas e oportunidades de negócios.

Pela percepção dos entrevistados que sentiram efeitos nos setores de comércio e serviços, o atendimento diferenciado (50%), os preços competitivos (30%) e as vitrines temáticas bem preparadas foram medidas que incrementaram o desempenho. Já a sensação de insegurança (30%) e os problemas de infraestrutura (30%), além das poucas ações que ocorreram em Minas Gerais (20%), foram citados como prejudiciais para a obtenção de maiores ganhos no período.

Antes e durante os Jogos, a capital mineira recebeu seis partidas de futebol e foi sede dos comitês olímpico e paralímpico e delegações do Reino Unido, Polônia, China e Equador. Por sua vez, Uberlândia foi sede das equipes da Bélgica e dos atletas da Sérvia e do Egito. Já as delegações do Canadá, China, Estados Unidos, Qatar, Egito, Polônia, Eslováquia e Estônia se hospedaram em Juiz de Fora. Nas três cidades, ocorreram celebrações especiais durante o revezamento da Tocha Olímpica.

Postagens Recentes