Impactos do Carnaval de BH na economia

Página Inicial / Notícia / Negócios Turísticos / Impactos do Carnaval de BH na economia

O Carnaval de Belo Horizonte se consolidou de vez em 2017. O evento na capital mineira teve fluxo de 3 milhões de pessoas e despejou quase R$ 350 milhões na economia da cidade. É o que indica a Pesquisa Folião, divulgada na última semana pela Belotur, com apoio da Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais (Setur-MG).

A pesquisa teve como objetivo traçar o perfil dos foliões, incluindo visitantes e moradores de BH. Foram levantados dados socioeconômicos, hábitos de consumo e gastos. Integraram a festa, por dia, uma média de 845.963 pessoas, sendo 697.073 (69,4%) moradores e 148.889 (17,6%) visitantes. Nunca antes a cidade tinha recebido tantas pessoas de fora.

Os visitantes participaram, em média, de 3,6 dias no Carnaval e tiveram um gasto médio diário, per capita, de R$171,30, totalizando um gasto médio de R$607,47 durante todo o evento. Desse modo, o Carnaval de 2017 gerou uma receita turística direta para Belo Horizonte estimada em R$91,8 milhões, o que significa um aumento de 459% no período de 2015 a 2017, sem considerar os efeitos multiplicadores na economia da cidade.

Já os moradores apresentaram um gasto médio durante todos os dias do evento de R$303,50, gerando uma receita direta estimada em R$255,6 milhões.

Para a analista de turismo da Fecomércio MG, Milena Soares, os dados da pesquisa confirmam a expansão do Carnaval de rua da capital. ”Belo Horizonte tem demostrado ano após ano a sua importância como opção de destino turístico cultural e de lazer. Isso traz impactos positivos em toda cadeia produtiva do comércio de serviços e turismo. Para o empresariado é importante ficar atento a esse novo momento de fomento de negócios.”

A estimativa da movimentação financeira na hotelaria superou os R$6 milhões esperados e teve pico de 66,4% de ocupação no dia 26 de fevereiro, domingo. A taxa média da ocupação aumentou 12% em relação a 2016.

Satisfação

A pesquisa avaliou também a satisfação do folião com o Carnaval belo-horizontino, e o resultado foi positivo. A avaliação geral do evento, em uma escala de zero a dez pontos, atingiu o valor de 8,3 pontos na opinião do turista e 8,1 pelos moradores.

Segundo a Belotur, foram aplicados 1.299 questionários em 11 blocos de rua. O estudo tem margem de erro de 2,7%.

Postagens Recentes