Confiança do empresário atinge nível de otimismo

Página Inicial / Notícia / Economia / Confiança do empresário atinge nível de otimismo
O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) de Belo Horizonte alcançou, em outubro, os 100,3 pontos, chegando ao nível considerado de otimismo (após os 100). Em setembro, estava em 95,5. O indicador é divulgado pela Fecomércio MG e tem como base os dados coletados mensalmente pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), compilados e analisados para a capital mineira.

O Icec é subdividido em outros três indicadores: Índice de Condições Atuais do Empresário do Comércio (Icaec), Índice de Expectativa do Empresário do Comércio (Ieec) e Índice de Investimento do Empresário do Comércio (Iiec). Todos eles registraram expansão no período analisado, com destaque para as boas perspectivas em relação aos próximos meses. “Houve um grande salto nas expectativas – de 128,1 pontos para 134,7. Esse componente começou a recuar em maio, mas, agora, apresenta a segunda alta consecutiva. Isso é muito positivo”, observa o economista da Federação, Guilherme Almeida.

Segundo ele, essa recuperação da confiança afeta também as projeções de investimentos nas lojas, como renovação de estoque e contratação de empregados. Prova disso é que o Iiec voltou a subir em outubro: saiu de 80,8, em agosto, para 83,2, em setembro, e, agora, atingiu 88 pontos. O levantamento ainda mostra que 50,5% das empresas pretendem ampliar o quadro de funcionários. “O fim de ano é um período favorável, devido, principalmente, à aproximação de datas importantes, como a Black Friday e o Natal, e à injeção dos recursos do 13º salário no mercado. Além disso, existe uma melhora generalizada nos indicadores ligados ao consumo, como a inflação abaixo da meta e o novo corte na taxa básica de juros”, analisa Almeida.

Por fim, o Icaec, que avalia as condições atuais da economia do país, do setor e das empresas, aumentou de 75,2, em setembro, para 78,1, em outubro. No mesmo mês do ano passado, estava em 50,2. Quase 50% dos empresários afirmaram que houve melhora nas condições atuais do próprio negócio.

Postagens Recentes
Fale Conosco

Para dúvidas sobre contribuições patronais, utilize a Área do Empresário no topo da página. Para outras questões, preencha sua solicitação e retornaremos em breve.