Redes sociais influenciam decisões dos turistas

Página Inicial / Notícia / Negócios Turísticos / Redes sociais influenciam decisões dos turistas

Assim como o número de aparelhos eletrônicos no mercado, a busca de informações pela internet também cresce. O Brasil está entre os países mais conectados do mundo e é o primeiro colocado na América Latina. O turismo vem se adaptando a este cenário tecnológico e se reinventa adotando novas estratégias para atrair o turista. Pesquisas recentes apontam que 48% dos brasileiros planejam suas viagens por meio das redes sociais, o que gera mudanças no atendimento a esse público.

É o que mostra um estudo realizado pela consultoria Amadeus, fornecedora de soluções tecnológicas: 70% dos brasileiros são considerados viajantes “buscadores de capital social”. O termo é utilizado para classificar os turistas que consideram a viagem uma experiência pessoal de alta qualidade e que buscam as mais diversas alternativas para atender seus desejos. As redes sociais influenciam diretamente nas decisões desses viajantes.

A interatividade proporcionada pelas redes sociais é um dos grandes diferenciais do mercado atual. Além de usarem as mídias sociais para realizar pesquisas sobre o destino, hospedagem e tipos de transporte, esses turistas também consideram as informações compartilhadas sobre as experiências de outros viajantes ao programarem suas viagens. Um dos principais fatores para a disseminação desse hábito é o uso de smartphones. Eles eliminam a necessidade de carregar catálogos físicos enormes e trazem uma extensa lista de opções interativas na palma da mão.

Regionalmente, o núcleo de Turismo e área de Estudos Econômicos da Fecomércio MG confirmam o cenário apontado pela pesquisa da Amadeus. De acordo com a quarta edição da Pesquisa de Satisfação do Turista de Belo Horizonte, feita pela Federação em parceria com o Observatório de Turismo da Belotur, 48,2% das pessoas que vieram à capital mineira preparam suas viagens por meio de da internet.

A analista de Turismo da Fecomércio MG, Milena Soares, ressalta outro índice apontado pela pesquisa da Federação. “O levantamento mostra que 30,7% dos entrevistados preferem utilizar a internet para organizar suas viagens. Isso só reforça a importância de as empresas do setor aproveitarem os feedbacks dados pelos turistas, via internet, para alcançarem novos consumidores.”

Postagens Recentes