Segs inicia ciclo 2018 com mudanças

Página Inicial / Notícia / Institucional / Segs inicia ciclo 2018 com mudanças

A Fecomércio MG sediou, nesta sexta-feira (16/03), o primeiro encontro do Sistema de Excelência em Gestão Sindical (Segs) Ciclo 2018. Durante a reunião, foi apresentada a nova metodologia de treinamento do programa.

A multiplicadora do Segs na Federação, Nayara Alves, explica que a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) propôs um modelo mais dinâmico e integrado, adequado à realidade sindical patronal. “As mudanças propostas pela CNC buscam melhorar a representatividade das entidades sindicais e fomentar a autossustentabilidade, gerando mais valor às empresas representadas.”

Como parte da programação, foi ministrado um treinamento do eixo de atuação Assessoria Legislativa, com foco no acompanhamento de projetos de leis em prol dos sindicatos patronais. O coordenador jurídico tributário da Fecomércio, Marcelo Morais, conduziu a atividade, em parceria com o representante da CNC, Alexandre Marcelo. Os presentes também participaram de uma dinâmica sobre a nova metodologia do Segs 2018.

Eixos de atuação

Para este ano, os seis eixos de atuação sindical, que representam as competências funcionais das entidades do programa, permanecem os mesmos apresentados no IX Congresso Nacional do Sistema Confederativo da Representação Sindical do Comércio (Sicomércio), em 2015:

• Relações sindicais: assegurar a gestão da base de representação, promover a capacitação de líderes sindicais, fomentar o relacionamento com as empresas representadas, cumprir as normas do Sicomércio e as obrigações legais, assegurar a realização da negociação coletiva, o processo eleitoral e a gestão das receitas sindicais.
• Representação: garantir a atuação nas instâncias de representação (conselhos, fóruns deliberativos e consultivos); a participação em câmaras, grupos de trabalhos no Poder Executivo e ações judiciais e administrativas; o desenvolvimento dos representantes, o alinhamento do posicionamento e o controle dos registros da atuação.
• Atuação legislativa: acompanhar, planejar e coordenar as ações legislativas na afirmação, no fortalecimento e na defesa dos legítimos interesses das empresas representadas.
• Produtos e serviços: assegurar a estruturação e a disponibilização de pesquisas econômicas, identificar as necessidades dos representados, ampliar a oferta de produtos e serviços, além de atividades como assessoria jurídica e emissão de certificação digital.
• Comunicação: garantir atividades relacionadas à elaboração de materiais publicitários para a promoção de ações e serviços, site, divulgação de notícias e pesquisas destinadas à imprensa, media training, entre outros.
• Atuação gerencial: promover ações como planejamento estratégico, gestão de projetos, definição de indicadores, monitoramento de resultados, gestão dos processos internos e participação no Segs.

O Segs

Criado pela CNC, o programa visa incentivar a excelência na gestão de federações e sindicatos, capacitando líderes e executivos sindicais para que tenham uma atuação mais eficaz em prol dos interesses das empresas que representam.

Postagens Recentes