Mudança de paradigmas na contabilidade

Página Inicial / Notícia / Cursos e eventos / Mudança de paradigmas na contabilidade

A primeira edição da Feira de Empreendedorismo Contábil, realizada no dia 19 de setembro, no Campus Contagem, da Faculdade Senac, reuniu profissionais e mais de 150 alunos interessados em se preparar para os novos desafios da profissão. Realizado pelo Conselho Regional de Contabilidade de Minas Gerais (CRCMG), com o apoio educacional do Sistema Fecomércio MG, Sesc e Senac, o evento contou com palestras e serviços gratuitos. A coordenadora do curso de Ciências Contábeis da Faculdade Senac e do Grupo de Estudos Técnicos da Mulher Empreendedora do CRCMG, Carolina Cardoso, acredita que o evento foi um marco. “Ele trouxe a inovação ao mercado de contabilidade na tentativa de mudar o perfil do contador como um ‘guarda-livros’ para um profissional estratégico. Além disso, as palestras focaram no perfil da mulher empreendedora, já que hoje quase 50% dos profissionais da área são mulheres.”

Na mesa de abertura, o superintendente da Receita Federal, Mário Dehon, abordou a necessidade de mudar o modelo mental na área de contabilidade. Segundo ele, em vez de punir os contribuintes que não arcam com os tributos, a Receita Federal tem classificado positivamente aqueles que pagam em dia. “É importante levar essa mudança também aos contadores, que devem oferecer uma experiência diferenciada aos clientes. Para isso é fundamental o trabalho conjunto, inclusive, envolvendo o contribuinte, para ele entenda que pagar tributos não é um dever, mas um direito.”

Entre as palestras ministradas durante o dia destacaram-se aquelas sobre a Mulher Contábil no Mercado de Trabalho, ministrada pela contadora Grace Eduardo, e a que abordou a Reforma Trabalhista, da assessora jurídica da Presidência da Fecomércio MG, Tacianny Machado. Na oportunidade, ela enalteceu a parceria entre as entidades em favor do aprendizado e inovação na área. “A parceria do Sistema Fecomércio MG, Sesc e Senac com o Conselho Regional de Contabilidade agrega e fortalece de forma singular a atuação das entidades, gerando uma sinergia voltada ao fomento do conhecimento”, declarou.

O eSocial também foi abordado no evento, pelo auditor fiscal da Receita Federal e referência na área, Cláudio Maia. “A importância desse tema no meio acadêmico e profissional figura na necessidade dos empregadores brasileiros terem conhecimento de informações previdenciárias, trabalhistas e fiscais. O eSocial não traz nenhuma norma nova, mas consolida e agrupa as obrigações administrativas das empresas perante a Receita Federal, o Ministério do Trabalho, o INSS e a Caixa Econômica em um único modelo de prestação de informações”, explica.

Segundo a aluna do 7º período de Ciências Contábeis da Faculdade Senac, Camila Viana, a feira foi uma experiência interessante. “As palestrantes trouxeram assuntos importantes para novos empreendedores, para quem está na área e para quem deseja entrar no mercado de trabalho.”

Além das palestras, a feira contou ainda com atendimento aos contribuintes no Núcleo de Apoio Fiscal e Contábil da Faculdade Senac e exposição de serviços de empresas parceiras.

Fonte: Senac

Postagens Recentes