Minas Gerais acumula 120,6 mil admissões no ano

Página Inicial / Notícia / Economia / Minas Gerais acumula 120,6 mil admissões no ano

O mês de novembro reafirmou a tendência de recuperação do emprego formal em Minas Gerais. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nessa quinta-feira (20/12), mostraram que 367 postos de trabalho foram abertos no Estado, alta de 0,01% em relação ao mês passado. O resultado é o melhor desde novembro de 2011, quando 5.825 pessoas foram admitidas. No mesmo período de 2017, o saldo ficou negativo em 2.037 vagas.

O comércio e os serviços foram os dois setores que mais geraram empregos, conforme o Caged. Enquanto o primeiro promoveu 7.478 contratações formais, o segundo admitiu 1.773 novos funcionários. No acumulado do ano, o comércio apresenta 6.440 admissões, já os serviços registram 59.219 contratações. Na soma de todos os setores, de janeiro até novembro, o Estado acumula 120.629 admissões, enquanto, nos últimos 12 meses, 82.130 empregos foram criados.

Apesar do resultado positivo, a maioria dos setores demitiu trabalhadores formais. Os mais impactados com as perdas foram a agropecuária (-3.676 vagas), a construção civil (-3.617 vagas) e a indústria de transformação (-1.516 vagas).

O economista da Fecomércio MG, Guilherme Almeida, ressalta que o Caged de novembro confirma a tendência da economia para o período. “Os setores de comércio e serviços geralmente se aquecem nos últimos meses do ano, em virtude das vendas de Natal e de Ano Novo. A indústria, por sua vez, demite por ter encerrado a produção de bens a serem vendidos nas lojas. Já a agricultura está em período de preparação da próxima safra”, detalha.

Empregos no país

No Brasil, o indicador do Caged de novembro alcançou a marca de 58.664 novas vagas. Assim, o país confirmou a tendência de recuperação vista em Minas Gerais, registrando o melhor resultado para o período desde 2010. No acumulado do ano, o país gerou 858.415 empregos formais, enquanto nos últimos 12 meses foram admitidos 517.733 trabalhadores.

Postagens Recentes