Governo de Minas lança 3ª edição de Anuário do Turismo

Página Inicial / Notícia / Negócios Turísticos / Governo de Minas lança 3ª edição de Anuário do Turismo
Um extenso trabalho de coleta e organização de informações inéditas sobre a atividade turística no Estado foi apresentado na terceira edição do caderno “O Turismo em Minas Gerais – Dados e fatos”. A publicação, que reúne números de 2018, é uma iniciativa do Observatório do Turismo de Minas Gerais, rede formada por órgãos públicos, privados e instituições da sociedade civil, a exemplo da Fecomércio MG.

Coordenado pela Secretaria de Estado de Cultura e Turismo, o Observatório monitora e apresenta um panorama estadual do desenvolvimento da área nos últimos anos. A rede busca incentivar a inovação, a inteligência de mercado e a pesquisa acadêmica, comparando dados sobre indicadores setoriais de fluxo e receita, movimentação nos aeroportos mineiros e a economia formal do setor. O grupo também avalia a série histórica da pesquisa de demanda turística, que traça o perfil de visitantes de Minas Gerais.

A analista de turismo da Fecomércio MG, Milena Soares, considera a publicação como essencial ao setor turístico no Estado. “As informações reunidas no caderno são fundamentais para se discutir e planejar políticas públicas e de mercado voltadas ao turismo em Minas Gerais. O setor possui grande relevância econômica e social. Por isso, temos que explorá-lo ao máximo para gerarmos mais emprego e renda.”

Destaques do Anuário 2018

A edição atual ressalta o aumento de 2,5% do fluxo total de turistas no Estado, na comparação com o ano de 2017. Ao todo, 27,2 milhões de pessoas visitaram Minas Gerais, deixando um valor próximo a R$ 18,2 bilhões na economia mineira. Essa quantia representa um incremento de 12,6% de receita em relação ao ano anterior, quando R$ 16,2 bilhões foram movimentados.

Outro aspecto positivo foi o crescimento do fluxo nos aeroportos de Minas em 2018. O resultado de 12,2 milhões de passageiros, divulgado pela concessionária BH Airport e a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), superou os dois anos anteriores. Ainda segundo dados do anuário, a expansão dessa atividade chegou a 3,1% em relação a 2017.

Turismo pelo mundo

Um dos setores de maior expansão nas últimas décadas, o turismo já contribui com 8,1% do Produto Interno Bruto (PIB) no Brasil. No ano passado, a atividade turística cresceu 3,1%, movimentando US$ 152,5 bilhões na economia do país, segundo informações do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC).

No mundo, o turismo gerou US$ 8,8 trilhões, uma melhora de 3,9%, superior à expansão da economia global (3,2%). De acordo com o WTTC, o setor foi responsável por 319 milhões de empregos, um em cada dez postos de trabalho abertos em todo o mundo, crescendo mais que segmentos como de cuidados com a saúde (3,1%) e tecnologias da informação (1,7%).

* Com informações do Observatório do Turismo

Postagens Recentes