Intenção de consumo fica próxima do nível de otimismo

Página Inicial / Notícia / Economia / Intenção de consumo fica próxima do nível de otimismo
Um termômetro da confiança do consumidor na capital mineira, a Intenção de Consumo das Famílias (ICF) de Belo Horizonte expandiu 2,3 pontos percentuais (p.p.) em março, assumindo a pontuação de 97,1 p.p, ante 94 p.p. apurados em fevereiro. No mesmo período do ano passado, o índice atingiu 89,4 p.p., um incremento de quase 8 pontos. Apesar do resultado, o indicador elaborado pela Fecomércio MG, com dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), continua no nível de insatisfação em termos de emprego, renda e capacidade de consumo, permanecendo abaixo da linha dos 100 pontos.

O índice, que está em ascensão desde julho de 2018, mede de forma precisa a avaliação que os consumidores fazem sobre aspectos relacionados à condição de vida de sua família, tais como a capacidade e a qualidade de consumo atuais e em curto prazo, o nível de renda doméstico e a segurança no emprego. Por partir do ponto de vista dos consumidores, trata-se de um indicador antecedente do volume de vendas.

Para o economista da Federação, Guilherme Almeida, o resultado indica que as famílias estão retomando gradualmente o consumo, mas com incertezas frente ao cenário econômico atual. “As dificuldades de acesso e o valor exacerbado do crédito combinadas com a taxa de desemprego, em torno de 13%, contribuem para a manutenção do indicador abaixo da fronteira de otimismo”, analisa.

O crescimento do resultado mensal foi influenciado pelo avanço de seis itens que compõem o ICF, sendo que emprego (de 123,3 p.p. em fevereiro para 123,5 p.p. em março), perspectiva profissional (de 118,2 p.p. para 120,1 p.p.), renda atual (de 111,4 p.p. para 113,7 p.p.) e perspectiva de consumo (de 94,8 p.p. para 103,2 p.p.) cresceram acima da fronteira do otimismo. O item nível de consumo foi um único indicador que recuou no período, de 75,9 p.p. em fevereiro para 73,1 em março.

Postagens Recentes