A era das comunicações dinâmicas

Página Inicial / Notícia / Institucional / A era das comunicações dinâmicas

*Jéssica Andrade – Coordenadora de Comunicação da Fecomércio MG

Há mais de 20 anos, o cenário da comunicação mudou. Com a inclusão de um novo meio para o compartilhamento de mensagens e informações, a forma de nos comunicarmos se tornou bem diferente. Toda essa evolução ocorreu a partir da chegada da internet. Desde então, a sociedade vive uma nova era, em que a atualização constante e a facilidade de acesso às notícias influenciam no ambiente corporativo. As empresas precisaram se dedicar mais para alcançar o seu cliente e transmitir a mensagem desejada de forma mais assertiva.

Uma das mais atuais invenções, a internet, chegou às residências do Brasil em 1994, deixando de ser usada exclusivamente no ambiente acadêmico. Com a evolução e a crescente popularidade desse meio de comunicação no decorrer dos anos, ele passou a ser acessado 24 horas por dia, exigindo investimentos que tornassem as redes cada vez mais rápidas e eficientes.

O conceito de ter acesso a tudo e a qualquer momento amplia a visibilidade das ações e impacta diretamente as organizações. Se a sua empresa não está na internet, para muitos, significa que ela não existe ou não possui boas referências. Além disso, com os canais digitais, o cuidado com a propagação de notícias negativas precisa ser redobrado, dada a velocidade desse meio.

O estudo “Decodificando as Necessidades Digitais” entrevistou mil usuários de internet no Brasil. A análise revelou que 92% pesquisam sobre produtos ou serviços em sites de e-commerce ou comparam preços em lojas virtuais. Entre os entrevistados, 63% comentam experiências em relação aos produtos e serviços e 52% acessam esses veículos para se informar sobre o que pretendem comprar.

Observando apenas os números, pode parecer simples se comunicar com o cliente. No entanto, para que uma mensagem alcance o destinatário de forma assertiva, é preciso tomar alguns cuidados. Não por acaso, muitas ferramentas de comunicação são estudadas durante anos por especialistas que atuam na área. É necessário, por exemplo, identificar o sujeito que recebe a mensagem e analisar os canais de comunicação que ele acessa, a melhor linguagem a ser utilizada e o que você espera de retorno nesse processo de interação.

A estratégia que uma comunicação assertiva requer pode ser avaliada, por muitos, como algo fácil. Mas não se engane: diversas empresas possuem grandes dificuldades de comunicar com o seu cliente, justamente por não saberem o que ele espera e como atingi-lo.

Diante desse cenário, no qual a comunicação ocorre de forma dinâmica, é preciso avaliar a presença da sua empresa nos canais de comunicação. Fazer uma análise constante das mensagens transmitidas, dos canais utilizados e da qualidade dos resultados obtidos se tornou essencial. Só a partir disso será possível identificar as melhores oportunidades para consolidar a imagem da empresa e melhorar a sua reputação, aumentando as chances de fidelização dos seus clientes.

*Artigo publicado no jornal O Tempo

Postagens Recentes