Em meio às dificuldades provocadas pelo Covid-19, o governo federal sancionou (02/04) a Lei 13.982/2020, que prevê o pagamento de uma renda emergencial no valor R$ 600,00 para trabalhadores informais, autônomos, desempregados e microempreendedores individuais (MEIs). Para efetivar o cadastro dos futuros beneficiários, a Caixa Econômica Federal disponibilizou hoje (07/04) o site e o aplicativo para que os interessados formalizem o pedido do auxílio.

No entanto, deverão acessar as plataformas para cadastramento apenas os trabalhadores autônomos não inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais (CadÚnico) e que não recolhem a contribuição previdenciária para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Para conferir se você está inscrito no CadÚnico, basta digitar o número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) no aplicativo.

Já aqueles que recebem o Bolsa Família ou estão inscritos no Cadastro Único, não precisam se inscrever pelo aplicativo, nem pelo site. O pagamento do benefício emergencial será feito automaticamente.

 

Calendário de pagamento

A previsão do governo federal é que o pagamento da primeira parcela esteja disponível para todos os beneficiários até o dia 14 de abril. Porém, clientes da Caixa e do Banco do Brasil terão o auxílio adiantado para o dia 9 de abril.

A segunda parcela está prevista a ser paga entre 27 e 30 de abril. A terceira e última parcela será quitada até o fim de maio, com pagamentos entre 26 e 29 de maio. Os repasses a beneficiários do Bolsa Família seguirão o calendário usual do programa.

 

Canais de atendimento:

 

Postagens Recentes