Não seja um gestor que decide o que não precisa

Página Inicial / Não seja um gestor que decide o que não precisa

Uma das coisas mais bacanas que o fazer da minha profissão de jornalista me ensina, diariamente, é manter o coração e a mente abertos às informações. E a melhor delas pode vir na forma de entrevista com uma grande liderança do nosso mercado ou no comentário de um porteiro, que pode nem se dar conta da preciosidade que acabou de me dizer.

Porque estou te contando isso? Para lembrar aos gestores, de todo tipo de negócio, que mudanças relevantes podem vir de sugestões ou de reclamações de pessoas menos bem localizadas no organograma da empresa. O entendimento sobre uma questão não é apenas resultado da autoridade formal que o sujeito carrega, mas das experiências e percepções que ele já teve (e tem) e da capacidade de organizar essas informações em torno de um raciocínio inteligente. Ou seja, não basta tomar uma decisão, é importante que ela seja útil e aplicável.

Como a experiência não é uma pílula que possa ser ingerida, e percepção depende da hora e do lugar, não adianta o gestor simplesmente querer ter a melhor base para a decisão que vai tomar. Ele precisa estar capacitado para tal. Conversar com a equipe pode ajudar muito a formar essa opinião mais coerente. E não me refiro àquela reunião formal, para a qual todos são convocados com a missão de fazer um brainstorm… Claro, pode sair alguma coisa desse encontro, mas o melhor, mesmo, é o gestor se manter atento o tempo todo.

Passou pelo corredor e viu uma situação esquisita? Apure. Ouviu um comentário estranho? Apure. Alguém deu uma ideia fora de hora? Anote. Se você criar o hábito de escutar e se interessar pelo que as pessoas dizem, elas passarão a te contar as coisas mais naturalmente e isso o ajudará nas suas tomadas de decisão.

Afinal, nada é pior que um gestor que decide o que não precisa.

* Inácia Soares é jornalista, palestrante, editora-chefe e apresentadora do jornal Band Minas e colunista de negócios da Rádio BandNews FM (www.inaciasoares.com.br<).

Inácia Soares