Negócios inovadores

Página Inicial / Negócios inovadores

As startups estão mostrando um jeito novo de enxergar o mercado. Essas empresas, que nascem bem pequenas, olham para o consumidor, e percebem necessidades que os negócios tradicionais não viram. Hoje, falo de uma que tem sede em Belo Horizonte.

O engenheiro de telecomunicações – que já teve uma pizzaria – Marcos Zambalde e o iraniano Amir Nasiri, que era chef de cozinha na terra natal, descobriram uma forma de unir cozinheiros autônomos e consumidores, em uma plataforma original, o Foozi. O aplicativo tem versão para Android e iOS. Funciona assim: os cozinheiros se cadastram no app e inserem um cardápio com pratos que custam de R$ 5,00 a R$ 30,00. O diferencial é que cada cozinheiro só pode atender pedidos num raio de 600 metros da própria casa. E, mais um detalhe: nada congelado. Só podem ser vendidas comidas prontas, e que precisam que ser entregues no prazo de 25 minutos.

Assim como no Uber, tanto o cliente avalia o cozinheiro quanto o cozinheiro avalia o cliente. Toda quarta-feira, o Foozi acerta as vendas da semana com os cozinheiros, descontando 20%. Por enquanto, o aplicativo está sendo testado na região do Vila da Serra, no limite territorial da capital com a cidade de Nova Lima. Até abril, o app já deverá estar disponível para toda a Belo Horizonte.

Marcos Zambalde diz que um investidor está de olho na startup e quer entrar no negócio. Essa injeção de crédito vai ajudar a empresa a estar preparada para o aumento de demanda da fase de expansão. Até São Paulo está nos planos da empresa para este ano.

Esse é mais um daqueles negócios que, depois que a gente conhece, confessa: eu jamais teria pensando nessa ideia. E viva as startups!

Inácia Soares