Os empresários do comércio estão confiantes no fechamento positivo das vendas neste mês. De acordo com a Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista, feita pela área de Estudos Econômicos da Fecomércio MG, 70% dos empresários acreditam que as vendas serão melhores que em janeiro de 2014. As liquidações e promoções serão as estratégias utilizadas por 68% dos empresários entrevistados. A estimativa dos empresários para os próximos seis meses também é otimista e 99% apostam que o faturamento será melhor ou igual ao ano passado.

O início do ano aponta queda natural das vendas, uma vez que dezembro é o mês de maior pico para o comércio, mas 2014 está apontando índices positivos. O fluxo de caixa dos estabelecimentos para o mês de fevereiro também é positivo representando 70% das respostas. Já no mês de janeiro, 59% apontaram como sendo pior que o mês anterior; 19% igual ao mês anterior e 22% melhor que o mês anterior.

Para o economista da Fecomércio MG Gabriel de Andrade Ivo, a competição acirrada que caracteriza o comércio varejista exige uma postura agressiva na definição da política de preços e promoções. \”O fator chave é a criatividade na conquista do consumidor, por meio do atendimento, mix de produtos ou de novos canais de vendas.\”

Empregos
Como indicador positivo do mercado, em janeiro, 77% dos empresários entrevistados manteve o número de funcionários. Já em fevereiro 11% afirmaram que aumentarão o quadro e 85% manterão o mesmo número; apenas 5% pensam em reduzir o número de funcionários. De acordo com a pesquisa, o desafio é reter talentos conquistados e manter a qualidade dos serviços prestados.

A pesquisa reuniu respostas de 308 empresários a fim de identificar a percepção em relação aos negócios do mês de janeiro e fevereiro deste ano.

Postagens Recentes
Funcionamento do comércio na Copa