Como instrumento de trabalho e reflexão sobre os negócios para os empresários, a Fecomércio MG realiza a Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista de Belo Horizonte (POCV-BH), elaborada pela área de Estudos Econômicos. Foram entrevistados 300 empresários, entre os dias 12 e 15 de maio de 2014.

Resultados
Para 51,5% dos empresários entrevistados, o faturamento de abril de 2014 foi melhor do que o mês anterior. Os resultados de abril deste ano, em relação aos seis meses anteriores, revelaram que 53,7% dos empresários obtiveram faturamento melhor ou igual e 46,3% dos respondentes tiveram faturamento pior.

Entre os mais de 15 segmentos pesquisados pela área de Estudos Econômicos da Fecomércio MG, estão os de calçados, eletroeletrônicos, supermercados, material de construção e produtos alimentícios.

A pesquisa revela ainda uma previsão para os resultados de maio/2014, no qual, 64,2% dos empresários avaliam que as vendas devem ser superiores às de abril/2014; 31,1% dos entrevistados acham que o faturamento deve repetir o do mês anterior e 4,7% esperam números piores. Para o economista Gabriel Ivo, “o Dia das Mães é um fator que impulsiona as vendas de maio, pelo apelo emocional da data e por movimentar diversos segmentos do varejo”.

Outro levantamento realizado na pesquisa aponta que o faturamento de 97,6% dos empresários, dentro de seis meses, será melhor ou igual. Esse resultado demonstra otimismo nas vendas. Enquanto isso, 2,4% dos pesquisados acham que a situação pode piorar e também 2,4% dos empresários esperam resultados iguais aos dos seis meses anteriores.

Quanto ao emprego, 84% dos empresários pretendem manter seus quadros, 10,9% planejam aumentá-los e apenas 5,1% tem a pretensão de realizar demissões. Além disso, 73,7% dos pesquisados farão promoções nas vendas.

Postagens Recentes