Pagamento à vista será preferência no Dia dos Namorados

Jantar, passeio, surpresas e presentes especiais. O Dia dos Namorados é uma data fundamental para o comércio varejista, devido à emoção que influencia o consumidor na hora das compras. A Pesquisa de Opinião do Consumidor – Expectativas para o Dia dos Namorados, realizada pela área de Estudos Econômicos da Fecomércio MG, apontou o foco e a preferência dos apaixonados nesta data. Roupas, calçados e jantares apareceram no topo da lista, mas o atendimento, o preço, a marca e a qualidade também são fatores chave para a definição do presente.

Neste ano, 31,2% dos enamorados pretendem gastar de R$50,00 a R$100,00 para agradar o seu amor, e a forma de pagamento preferida é à vista, representando 59,9%. Além dos presentes, 39% afirmaram que pretendem jantar, já 26,8% disseram que não pretendem fazer nada, e quem quer gastar menos justificou que prefere gastar em outra data (19,2%), está economizando (12,3%) e a renda diminuiu (12,3%); o cinema e o teatro aparecem em 3º lugar na lista de opções, com 17,8%.

O local escolhido para comprar os presentes foi o shopping, com 52,8% das respostas e as lojas do hipercentro representaram 31,1%. Os fatores que influenciarão o consumidor na hora de escolher o presente é o preço (41,4%), a marca (25,6%) e a originalidade (9,5%). Segundo o economista da Fecomércio MG, Gabriel Ivo, as compras serão feitas próximo a data, e a escolha do presente será na hora da compra.

Perfil
Foram entrevistadas 331 pessoas, do total 49,5% são mulheres, e 50,5% são homens. A maioria (66,5%) tem idade entre 16 e 34 anos, com renda familiar de dois a cinco salários mínimos (60,8%), e 85,7% realiza algum trabalho remunerado em Belo Horizonte.

Postagens Recentes
Dia do Comerciante