Pesquisa revela que 72,6% dos respondentes acreditam que a comemoração da data é o principal fator que levará os consumidores às compras

A Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista, realizada pela Fecomércio MG, em Belo Horizonte, aponta que 89,3% dos empresários entrevistados acreditam que a Páscoa tem efeito positivo no ritmo dos negócios. Para 93,8% dos respondentes, ser no início ou no fim do mês influencia diretamente às vendas. Em relação às expectativas de 2014 se comparadas com o ano anterior, 53,4% esperam vendas melhores e 33% esperam vender no mesmo patamar do ano de 2013.

A pesquisa revela ainda que dos 53,4% dos entrevistados que estimam vendas melhores neste ano, 83% tem a expectativa de aumento de até 20% nas suas vendas e 9,4% esperam aumentar entre 20% e 50%.

De acordo com o economista da Fecomércio MG, Gabriel de Andrade Ivo, os empresários apostam em medidas para incrementar as vendas para a Páscoa. “Dos entrevistados, 54,4% disseram que colocarão os produtos em promoção, seguido daqueles que irão aumentar a visibilidade da vitrine da loja (21,1%), e 11,6% apostam na diversificação do mix de produtos.”

Compras na Páscoa

Conforme a pesquisa, 72,6% dos empresários entrevistados acreditam que a comemoração da data em si é o principal fator que pode levar os consumidores às compras. Em contrapartida, para 67,3% dos respondentes, o motivo que pode inibir às compras neste ano é o preço alto dos ovos de Páscoa.

Postagens Recentes