Para abrir a época festiva do comércio, o Dia das Crianças em Belo Horizonte está com projeções otimistas dos empresários. Segundo a Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista de Belo Horizonte: Expectativa para o Dia das Crianças, realizada pela Fecomércio MG, 54,8% dos empresários acreditam que as vendas serão melhores e 73,9% esperam um aumento de até 20% no faturamento em relação ao ano anterior.

Segundo a analista de pesquisa da Federação, Luana Oliveira, os empresários estão otimistas porque acreditam que o apelo da data e as promoções podem atrair mais consumidores às lojas sem que eles tenham que aumentar as despesas, como por exemplo, com a contratação de temporários.

Consumo

Para estimular o consumo, 38,5% dos empresários apostam na diferenciação do preço, 28% pretendem investir na vitrine e 13,3%, no mix de produtos. Em seguida, a publicidade (9,1%), brindes e kits (4,9%) e crédito facilitado (2,8%) aparecem na lista de ações para incrementar as vendas. O apelo emocional da data (51,8%) e menores preços e promoções (26,8%) também são motivos que fazem os consumidores saírem para as compras.

Os empresários apontam, ainda, que os consumidores estarão dispostos a gastar entre R$30 e R$100 reais e que o cartão de crédito no modo parcelado será o meio de pagamento mais utilizado por eles.

Os brinquedos aparecem em terceiro lugar na lista de presentes mais procurados para a data: vestuário (34,7%), calçados (33,3%) e brinquedos (24,7%). Entre os fatores que podem inibir as compras na época estão: endividamento (54,2%), concorrência (24,8%) e preços altos (14,4%).

Natal

Em relação às vagas temporárias, 10,2% dos empresários contrataram novos profissionais para o Dia das Crianças, pensando no Natal, e 44,4% pretendem fazer ações estratégicas a partir do mês de outubro, visando estimular as vendas para a data mais rentável do comércio.

Segundo a analista, a contratação de temporários é mais frequente no Natal. “Neste ano, os empresários estão mais cautelosos devido ao cenário econômico. É normal que eles deixem para contratar apenas no final do ano”.

Postagens Recentes