O saldo das operações de crédito do sistema financeiro subiu 1,3% em setembro, registrando R$ 2,901 trilhões, o maior crescimento do ano, segundo relatório divulgado pelo Banco Central. Como proporção do Produto Interno Bruto (PIB) estimado para o período, o estoque avançou de 56,7%, em agosto, para 57,2%, no mês seguinte.

Segundo o economista da Fecomércio MG Juan Moreno, o aumento do crédito em setembro aconteceu devido ao maior dinamismo no segmento direcionado. “Houve um aumento nas concessões de empréstimos para as famílias. Na comparação dos volumes acumulados em cada mês, as concessões para clientes corporativos aumentaram 10,3% ante o mês anterior, somando R$ 158,4 bilhões em setembro. Para as famílias, o sistema financeiro concedeu R$ 169,6 bilhões em novos empréstimos e financiamentos, valor 5% maior do que o concedido no mês anterior”.

Postagens Recentes