A percepção do brasileiro sobre a alta dos preços não apresentou alteração em novembro, de acordo com uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV). O Indicador de Expectativa de Inflação dos Consumidores mostra que a inflação prevista para os próximos 12 meses ficou em 7,5%, mesmo patamar de outubro.

Já o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo -15 (IPCA-15), prévia do indicador oficial de inflação do país, cedeu de 0,48% em outubro para 0,38% em novembro. A taxa ficou abaixo do esperado. Em 12 meses, a alta é de 6,42%.

De acordo com o analista de Economia da Fecomércio MG Caio Gonçalves, apesar do acumulado para 12 meses de 7,5%, a expectativa é que a inflação anual ainda deve manter-se abaixo do teto máximo da meta, 6,5%.

Postagens Recentes