A 104ª edição da National Retail Federation, Reail’s Big Show 2015, maior feira de varejo do mundo, começou no domingo, dia 11 de janeiro. Uma equipe com 10 integrantes da Fecomércio MG está no local desde o dia 10, sábado, para participar não só deste evento, mas também de outras atividades que envolvem aprendizado e conhecimento sobre as novas tendências deste setor.

O economista da Fecomércio MG, Gabriel Ivo, compartilhou em seu Twitter alguns insights do que eles têm visto por lá. No primeiro dia da Missão NFR 2015 a equipe, que reúne ao todo 47 pessoas, participou de uma aula na Universidade Columbia, onde o professor Mark Cohen palestrou sobre “Liderança aplicada ao varejo”. Para ele, o segredo dos bons resultados está na transformação que acontece no percurso para se chegar ao objetivo final. A diversificação na liderança faz parte dessa transformação. Para que o todo funcione, cada um dos líderes precisa tomar as melhores decisões para solucionar os problemas pertinentes à sua área de atuação e formação.

Outro ponto abordado por Cohen refere-se a participação da equipe em todos os processos, inclusive os de mudança. A padronização das estratégias sem envolvimento dos colaboradores pode gerar alterações repentinas e grandes desconfortos. O sucesso ou insucesso do seu negócio depende também do feedback da sua equipe e dos seus clientes. Ali está a chave para descobrir os principais erros e acertos da estratégia que sua empresa utiliza.

O palestrante ainda destacou que a liderança simples e ideal inclui a equipe nas decisões. Apesar disso, o que percebemos é que as organizações têm o costume de criar líderes individualistas.

Parte da equipe Fecomércio MG e o Professor Mark Cohen

Parte da equipe Fecomércio MG e o Professor Mark Cohen

O primeiro dia de NRF foi inspirador e começou com uma apresentação de boas-vindas aos brasileiros ali presentes.

Boas vindas aos brasileiros

Boas vindas aos brasileiros

No primeiro painel da NRF 2015, grandes nomes do esporte, como Alexis Glick, diretor executivo da GENYOUth Foundation; Stacey Allaster, diretora executiva da Tennis Association Chairman; Oliver Bierhoff, diretor geral da  German National Team; John Collins , diretor de operações da National Hockey League; Paraag Marathe, presidente da San Francisco 49ers; Pat Bakey , diretor geral da SAP Retail e Mark Tatum, delegado adjunto e diretor de operações da  National Basketball Association se reuniram para discutir como a tecnologia, aliada ao esporte, contribui de forma efetiva para aproximação entre os times e os torcedores, mostrando que as mesmas estratégias podem ser aplicadas no relacionamento entre as empresas de varejo e seus clientes.

Para Stacey Allaster, diretora executiva da Tennis Association Chairman, a tecnologia contribui para mudar a estratégia de atendimento ao público, pois, por meio dela é possível mapear as ações e descobrir o que está sendo feito da maneira correta e o que tem desagradado o público.

Mark Tatum, delegado adjunto e diretor de operações da National Basketball Association, revelou que a tecnologia possibilita monitorar os jogadores em tempo real, por exemplo, e assim observar aspectos de saúde e segurança.

De acordo com John Collins, diretor de operações da National Hockey League, conhecer o público, saber sobre seus gostos e suas atividades é importante para levar até eles apenas produtos/itens/assuntos que lhes interessam. Nesse sentido o Big Data – conjunto de dados que, após análise, revelam os principais desejos dos indivíduos que utilizam a internet – contribui significativamente.

Para o presidente da San Francisco 49ers, Paraag Marathe, o segredo está em conhecer o indivíduo. Não só como cliente, mas como pessoa. E a tecnologia possibilita isso. “A tecnologia transforma qualquer negócio”, afirmou.

Oliver Bierhoff, diretor geral da German National Team, disse que a tecnologia tem o poder de engajar até mesmo os fãs internacionais, e essa realidade se estenderá às empresas e seus clientes.

Em um tour pela feira de exposição, Gabriel Ivo apontou que a tecnologia voltada para os meios de pagamento foi o grande destaque nos stands da feira. A facilidade na forma de pagamento é um grande diferencial para a empresa que deseja cativar o consumidor. Na foto abaixo você confere o exemplo de um check out interativo.


Acesse o portal da Fecomércio MG para obter essas e outras informações de interesse, em tempo real.

Postagens Recentes