Ouvimos tanto sobre redes sociais, mas geralmente focamos nas mais populares, como o Facebook pages ou o Twitter, e nos esquecemos de verificar aquelas que realmente podem ajudar na expansão dos negócios ou resultar em bons contatos profissionais. O Linkedin – rede social voltada para assuntos profissionais – é, sem dúvida, um ponto de partida para todo empreendedor que deseja se inteirar sobre o segmento em que atua, desenvolver networking ou divulgar seus produtos ou serviços.

Veja abaixo algumas dicas para quem deseja começar a atuar nessa rede social:

1 – Crie uma página corporativa
Esse recurso é importante para que a sua empresa seja encontrada pelo público e por seus colaboradores. Ao atualizar o Linkedin, seus funcionários precisam encontrar ali o nome da empresa, para sinalizar o lugar onde trabalham.  Ao reunir em um mesmo ambiente todos os seus funcionários, você potencializa a consolidação da marca. Além de fazer com que o seu empreendimento seja visualizado por todos que acessam os perfis dos colaboradores.

 2 – Seja uma referência na área em que atua
Mantenha a página da empresa (e o seu perfil pessoal) sempre atualizada com informações relevantes. Transforme o seu espaço em uma referência, para que as pessoas se sintam motivadas a consultar sua página/perfil sempre que quiserem saber sobre as novidades do segmento. O Linkedin já disponibiliza uma opção de páginas segmentadas (Showcases), caso a sua empresa atue de forma abrangente e se relacione com um público diversificado. Nesse caso, as pessoas podem seguir apenas as Showcases de interesse, filtrando melhor as informações.

3 – Participe de grupos
Os grupos de discussões do Linkedin são muito valiosos e podem ser grandes fontes de informações e atualizações de notícias. No entanto, é importante também colaborar, tanto para retribuir o conhecimento compartilhado quanto para aumentar a sua popularidade como referência do segmento. Usufrua e colabore.

4 – Mantenha sempre atualizado
Seu perfil profissional (pessoal) e a página da empresa devem estar sempre atualizados. Novos projetos, produtos ou modalidades de serviços precisam estar bem visíveis para que os seguidores possam conhecer melhor o trabalho desenvolvido. Além disso, é importante deixar informações básicas como canais de informação, site e localização sempre visíveis.

5 –  Procure profissionais e clientes
O Linkedin também é uma ótima ferramenta de busca para encontrar profissionais. Se você tem interesse em contratar um profissional com perfil bem específico, basta selecionar os filtros de seu interesse e pesquisar. Mais que funcionários, você pode salvar buscas de perfis de clientes. Dessa forma, a rede de negócios irá notificar quando essas pessoas estiverem conectadas à rede. E você poderá manter contato com prospects para a sua empresa, alavancando o seu empreendimento.

 6 – Cuide do seu conteúdo e de suas conexões
Enquanto uns defendem que é essencial ser seletivo em suas conexões do Linkedin, ou seja, adicionar somente pessoas da sua área de atuação, outros defendem que independentemente do setor que o seu contato atua é importante adicionar novas conexões. Por aqui, vamos defender um principio básico: conecte-se com aqueles que sabem usufruir do Linkedin como ferramenta profissional. Para resguardar a imagem da empresa, não adicione pessoas sem foto de perfil, com fotos inapropriadas ou que não sabem utilizar o canal com conteúdos profissionais, evitando que o feed fique poluído e a sua presença na rede social perderá o sentido pouco a pouco.

Postagens Recentes