O setor público consolidado fechou 2014 com déficit primário de R$ 32.536 bilhões, registrando o primeiro déficit da série histórica do Banco Central. Esse valor equivale a menos 0,63% do Produto Interno Bruto (PIB). Os números referem-se ao desempenho fiscal da União, Estados, municípios e empresas sob o controle dos respectivos governos.

Em dezembro do ano passado, foi registrado déficit de R$12.894 bilhões. Já no mesmo mês de 2013 houve um superávit primário de R$10.407 bilhões. Para o economista da Fecomércio MG Caio Gonçalves, esse dado reforça o descontrole das contas públicas e reforça a necessidade de ajustes e da busca pelo equilíbrio fiscal. “O registro desse déficit ficará marcado na história da economia brasileira”.

Postagens Recentes