A Fecomércio MG confirma a informação de que uma decisão judicial estendeu, em 16 de abril de 2015, a auditoria à entidade por entender que há determinados processos internos que se inter-relacionam com as instituições Sesc e Senac.

Essa medida em nada altera a rotina das entidades, que continuam em regular funcionamento, e seus dirigentes permanecem exercendo todas as suas atribuições pertinentes aos cargos, bem como não altera em absolutamente nada a confiança de que todos os contratos e serviços prestados são dotados da mais absoluta transparência e cumprem de maneira irrestrita todos os princípios de legalidade os quais, de maneira sistematizada se submetem às auditorias internas e externas.

A Fecomércio tem atendido na totalidade todas as solicitações dos auditores e reforça sua confiança que a verdade seja elucidada, sobretudo, quanto à lisura e o cuidado na aplicação e gestão dos recursos.

Postagens Recentes