O 2° Encontro do Ciclo do Sistema de Excelência em Gestão Sindical (Segs), realizado no dia 30 de agosto, foi marcado pelo debate de três eixos estratégicos para a atuação sindical: Relações Sindicais, Representação e Atuação Legislativa. A reunião foi realizada no Hotel Belo Horizonte Plaza e contou com a presença de colaboradores da Fecomércio MG e de executivos e presidentes de sindicatos do comércio de Minas Gerais.

Os advogados da Fecomércio MG Eduardo Araújo e Manuela Dantas informaram como é a atuação da entidade para garantir a correta execução dos três eixos. “Representar é uma forma de solucionar uma ausência, ou seja, tornar presente uma ideia, um interesse, um indivíduo ou uma coletividade que não está ou não pode estar fisicamente presente em um dado local ou momento”, reforçou a advogada da Federação.

O presidente do Sindicato do Comércio de Paracatu, Robertus Ferdinandus Maria Van Doornik, relatou os avanços do projeto “Casa do Empresário de Paracatu”, que permite a integração entre as entidades que representam o setor e facilita a representatividade de todo o setor terciário no município.

Representando o Sindicato do Comércio do Vale do Aço, a gerente financeira, Graziele Mourão e a gerente de projetos, Ricássia Perdigão, falaram sobre a importante sinergia criada entre as unidades de Coronel Fabriciano, Ipatinga e Timóteo, e sobre os princípios que as regem: transparência, ética e compromisso com os representados e a sociedade. Elas também reforçaram a importância das relações sindicais e das parcerias com os sindicatos laborais e contadores.

A secretária executiva do Sindicato do Comércio Varejista de Automóveis e Acessórios de Belo Horizonte, Priscila Menezes, destacou a necessidade de sempre haver retorno imediato nas solicitações dos representados. Outra ação ressaltada por ela é a presença constante do presidente do Sindicato, Helton Andrade, nas câmaras automotivas mineiras e na Câmara Brasileira do Comércio de Peças e Assessórios para Veículos, em busca de novos conhecimentos para a defesa dos interesses da categoria.

O assessor da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Leonardo Fonseca, lembrou que é essencial a compreensão dos eixos como base de sustentação das entidades sindicais.

Sobre o Segs

Criado pela CNC, o programa visa incentivar a excelência na gestão de federações e sindicatos, capacitando líderes e executivos sindicais para que tenham uma atuação mais eficaz em prol dos interesses das empresas que representam.

 

Postagens Recentes