A competição mais importante do futebol começou nesta quinta-feira (14/06), na Rússia, cercada de grandes expectativas dos empresários no Brasil. Apesar disso, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) realizou uma pesquisa com consumidores que revela uma realidade diferente. A entidade apurou que apenas 24% das famílias no país têm a intenção de comprar algum item relacionado à Copa do Mundo. Esse percentual representa menos da metade do registrado em 2014 (50,1%).

A analista de pesquisa da Fecomércio MG, Elisa Castro, avalia que os números deste mundial, se comparados aos de 2014, se diferem pelo fato de a edição passada ter sido realizada no Brasil e pelo cenário econômico atual. “A diferença mostra, além de um menor envolvimento da população com a Copa do Mundo, condições atuais menos favoráveis ao consumo. Mesmo assim, é previsto um impacto positivo no comércio, que poderá ser ainda mais expressivo, caso a seleção brasileira tenha um bom desempenho nos jogos.”

Números em Minas

Em Belo Horizonte, os números são inferiores à expectativa nacional. Na capital mineira, apenas 19,7% das famílias devem consumir em decorrência do mundial. Entre os entrevistados, 80,4% não pretendem adquirir nenhum item; 11% vão gastar com alimentos e bebidas, 3,7% vão investir em novos televisores e 2,9% comprarão artigos de vestuário.

Entre os animados com a competição, o ticket médio será superior a R$300 para 48,7% dos consumidores, de R$100 a R$300 para 34,6% e de até R$100 para 16,8%. A forma de pagamento que deverá sobressair neste período será o pagamento à vista (67,9%); os outros 32,1% irão parcelar as compras.

Torcida em casa

O setor alimentício se beneficiará ainda mais com o torneio. No Estado, grande parte dos mineiros não fugirão do costume de reunir a família e os amigos para assistir aos jogos em casa (55,8%), enquanto a minoria deve assistir em bares e restaurantes (17,4%). Ao todo, 26,8% dos consumidores mineiros não pretendem gastar com alimentos e bebidas, nem em casa nem fora do domicílio.

Confira a matéria da Rádio Fecomércio MG sobre o comércio na Copa do Mundo

Postagens Recentes