Os impactos econômicos causados pela pandemia de Covid-19 são severos. No Brasil, diversos locais decretaram quarentena, restringindo o funcionamento de atividades empresariais consideradas não essenciais. Segundo dados de um levantamento da Fecomércio MG, mais de 80% do comércio varejista e atacadista do Estado foram afetados pelo novo coronavírus, enquanto no setor de serviços esse percentual se aproxima de 90%.

Em resposta a esse difícil cenário, a Fecomércio MG vem atuando junto aos governos, propondo ações e ajudando na divulgação de informações para o combate ao Covid-19. Entre as medidas está a elaboração de uma cartilha com orientações ao comércio, que abrangem desde medidas de prevenção ao novo coronavírus e a abertura de empresas até aspectos tributários e trabalhistas, dicas para a proteção e desenvolvimento empresarial.

Postagens Recentes