O cenário é totalmente favorável ao novo coronavírus (Covid-19): dificuldades de saneamento e acesso a água potável, além de grandes aglomerações. A realidade descrita afeta 13,6 milhões de pessoas, que moram em favelas e vilas pelo Brasil, segundo dados dos institutos Data Favela e Locomotiva. No entanto, um termo de cooperação firmado entre o Sincofarma Minas Gerais e a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) pode trazer mais dignidade no combate ao Covid-19.

A entidade convoca as drogarias e farmácias representadas pelo sindicato a se tornarem pontos de distribuição de kits de produtos de higiene pessoal e limpeza – que serão oferecidos para 56 mil famílias de baixa renda em Belo Horizonte durante três meses. Os produtos serão doados pela prefeitura da capital a moradores de áreas de interesse social da capital, inscritas no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico).

“Há uma evidente dificuldade logística para a entrega direta desses materiais de à população de baixa renda. Mas, diante da representatividade do sindicato e de sua facilidade de comunicação junto aos representados, podemos conclamar os donos de farmácias e drogarias interessadas a distribuir os kits. Se cada um fizer a sua parte, conseguiremos controlar a doença e retomar nossas atividades”, avalia o presidente do Sincofarma Minas Gerais, Lázaro Luiz Gonzaga.

Os kits serão compostos por dois litros de cloro (com teor ativo mínimo de 5%), duas embalagens de sabão em barra (com cinco unidades de 200 gramas) e oito sabonetes em tablete de 90 gramas inofensivo à pele. Os materiais, segundo às autoridades de saúde, são os mais adequados para as necessidades de higiene pessoal e limpeza das casas, pois eliminam o vírus quando usados ou diluídos em água.

Como participar da ação

O credenciamento para a entrega dos kits de higiene pessoal e limpeza será realizado pela Prefeitura de Belo Horizonte. O Sincofarma atuará na divulgação da ação junto às farmácias e drogarias representadas. Só poderão aderir ao projeto as empresas que estiverem em dia com o Fundo de Garantia por Tempo do Serviço (FGTS) e as contribuições do Instituto Social de Seguridade Social (INSS), devendo apresentar, ainda, os seguintes documentos:

a. Assinatura do Termo de Adesão ao programa (clique aqui).
b. Assinatura do Termo de Compromisso de Manutenção de Sigilo (clique aqui).
c. Assinatura da Declaração de Cumprimento do Art. 7º, XXXIII, da Constituição Federal (clique aqui).
d. Ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor da pessoa jurídica, devidamente registrado (no caso de sociedades comerciais) e de documentos de eleição de seus administradores (no caso de sociedades por ações);
e. Cópia da identificação dos responsáveis legais;
f. Certidões negativas de FGTS e Seguridade Social (INSS);
g. Declaração de cumprimento do art. 7º, XXXIII, da Constituição Federal.

Caso tenha interesse, faça sua inscrição aqui.

Informações: 31 3270-3311

Postagens Recentes