O Comitê Extraordinário Covid-19, criado pelo governo estadual, atualizou o anexo que trata da classificação das fases de reabertura das atividades empresariais nas macrorregiões de saúde previstas no programa Minas Consciente. Conforme a Deliberação nº 71/2020, somente as regiões Centro-Sul, Oeste e Triângulo-Norte poderão avançar de fase.

Com a reclassificação, Minas Gerais passará a ter seis das 14 macrorregiões de saúde na chamada ‘onda verde’, que permite o funcionamento apenas de serviços considerados essenciais, como supermercados, drogarias, padarias e unidades de saúde. Entre as demais regiões, quatro irão ocupar a onda branca (de baixo risco de contágio) e quatro a onda amarela (médio risco).

Confira a tabela completa, com a classificação por região:

MacrorregiãoReclassificação da fase de abertura
Classificação anteriorReclassificação (de 01/08 a 08/08)Expectativa de progressão ou regressão de fase
CentroOnda verde: serviços essenciaisOnda verde: serviços essenciais
Centro-SulOnda branca: baixo riscoOnda amarela: médio risco (progressão de fase)
JequitinhonhaOnda verde: serviços essenciaisOnda verde: serviços essenciais
LesteOnda verde: serviços essenciaisOnda verde: serviços essenciais
Leste-Sul Onda amarela: médio riscoOnda amarela: médio risco
Nordeste Onda verde: serviços essenciaisOnda verde: serviços essenciais
Noroeste Onda branca: baixo riscoOnda verde: serviços essenciais (regressão de fase)
NorteOnda amarela: médio riscoOnda amarela: médio riscoExpectativa de regressão para onda branca: baixo risco
Oeste Onda verde: serviços essenciaisOnda branca: baixo risco
(progressão de fase)
SudesteOnda branca: baixo riscoOnda branca: baixo risco
Sul Onda amarela: médio riscoOnda amarela: médio risco
Triângulo-NorteOnda verde: serviços essenciaisOnda branca: baixo risco (progressão de fase)
Triângulo-SulOnda branca: baixo riscoOnda branca: baixo risco
Vale do AçoOnda verde: serviços essenciaisOnda verde: serviços essenciais
Postagens Recentes