A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) publicou, nessa quarta-feira (28/10), os protocolos para o funcionamento de eventos na cidade. A partir deste sábado (31/10), cinemas, shows e espetáculos teatrais poderão ser reabertos, enquanto seminários, congressos e eventos de gastronomia estão autorizados a retornar nesta data caso ocorram com menos de 600 pessoas. Para públicos superiores, será possível retornar a partir do dia 30 de novembro, mediante licenciamento.

As normas gerais para eventos já haviam sido estabelecidas no dia anterior, por meio do Decreto nº 17.458/2020. De acordo com a PBH, essas atividades devem respeitar a capacidade máxima de 600 pessoas e o limite de uma pessoa a cada 7 m². Caso os eventos autorizados a partir deste sábado tenham capacidade superior a permitida, será preciso informar esse fato ao licenciá-lo junto à PBH.

No caso de cinemas, shows e peças teatrais, a lotação deve ser de, no máximo, 50%, respeitando o limite dos 600 participantes sentados. Por enquanto, festas de casamento e formatura permanecem proibidas na capital mineira.

Confira outros detalhes dos protocolos para eventos em BH:

• Os ingressos devem ser vendidos preferencialmente pela internet ou por meios eletrônicos e conferidos dessa forma;
• Em cinemas, shows e teatros, podem se sentar juntas, no máximo, quatro pessoas do mesmo grupo;
• É obrigatório o distanciamento de um assento lateral e um assento frontal entre pessoas de grupos diferentes;
• Em espaços sem assentos fixos ou em espetáculos em locais privados, pode haver uma pessoa a cada 5m², incluindo a produção;
• O público só poderá consumir alimentos se estiver sentado, seja em espetáculos ou eventos gastronômicos;
• Autógrafos e sessões de fotos com o público estão vedados;
• Nos camarins de espetáculos, deve haver distanciamento de dois metros entre as pessoas e cada artista deve utilizar a própria maquiagem.
• O uso de máscara é obrigatório por todo o tempo, exceto durante a alimentação;
• Em congressos e afins, deve ser evitada a distribuição de brindes; caso seja realizada, os kits devem passar por ‘quarentena’ por, pelo menos 72 horas, antes da distribuição;
• Distribuição de panfletos e divulgação com personagens estão vedadas;
• Em feiras e exposições de veículos, deverá haver uma vaga livre entre cada carro; portas, maçanetas e outras superfícies do automóvel devem ser higienizadas frequentemente.

Provadores liberados

Em virtude das novas regras de segurança sanitária, a PBH também autorizou nessa quarta-feira (28/10) o funcionamento de provadores nas lojas de vestuário. A partir de agora, as roupas experimentadas deverão passar por uma ‘quarentena’ de, pelo menos, 72 horas e terão que permanecer penduradas em ambiente ventilado. Já as cortinas dos provadores, sempre que possível, devem ser trocadas por portas ou outros materiais que possibilitem a higienização frequente.

As mudanças em relação aos provadores já estão em vigor.

* Com informações do jornal O Tempo

Postagens Recentes