A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) autorizou a ampliação do horário de funcionamento de bares e restaurantes. Agora, os estabelecimentos podem funcionar das 11h às 22h, todos os dias da semana. A medida estende ainda para a comercialização de bebidas alcoólicas. A decisão foi publicada por meio do Decreto Municipal nº 17.539/2021, veiculado na edição do último sábado (6/02) do Diário Oficial do Município (DOM).

No entanto, a PBH restringirá a venda de bebidas durante o Carnaval, entre os dias 12 e 17 de fevereiro. Segundo o Poder Executivo Municipal, os bares e restaurantes não poderão comercializar bebidas alcoólicas entre os dias 12 e 14 de fevereiro. Porém, nos dias 15 a 17/02, a venda destes produtos fica permitida entre 11h e 15h. A venda nas modalidades delivery e retirada no local seguem autorizadas.

A Fecomércio MG reforça novamente a importância da manutenção do funcionamento de todo o comércio em Belo Horizonte. A entidade destaca que é preciso continuar com os esforços sociais e econômicos para que milhares de negócios na capital possam se restabelecer no menor tempo possível e, assim, contribuir com a retomada econômica local.

Não por acaso, a Federação ressalta a necessidade de se seguir todos os protocolos sanitários, como o uso correto de máscara e de álcool em gel para higienização, além do distanciamento social.

Confira o funciona o comércio em Belo Horizonte:

Lojas de rua, galerias e centros de comércio: segunda-feira a sábado, das 9h às 20h.

Academias: sem restrição de horário, mas mediante agendamento.

Shoppings Centers: de segunda-feira a sábado, das 10 às 21h, com restrição de ocupação. Aos domingos os centros de compras fecham, mas é possível a retirada de produtos em drive-thru, sem restrição de horário.

Restaurantes, cantinas, sorveterias, bares e similares: segunda a domingo, de 11h e 22h, com venda de bebida alcoólica permitida em todo o período, exceto no Carnaval.

Clubes de lazer: sem restrição de horário, mas com restrição de ocupação.

Salões de beleza: sem restrição de horário, mas com restrição de ocupação.

Clínicas de estética: sem restrição de horário, mas com restrição de ocupação.

Museus, galerias de arte e exposições: sem restrição de horário, mas com restrição de ocupação.

Cinemas: sem restrição de horário, mas com restrição de ocupação.

Teatros públicos ou privados licenciados, com público sentado: horário licenciado.

Feiras, exposições, congressos e seminários: horário licenciado.

Atividades em drive-in: todos os dias, das 14h às 23h59.

Padarias e lanchonetes, com consumo no local: todos os dias, das 5h às 22h, com restrição de ocupação.

* Com informações portal O Tempo

Postagens Recentes