A aceleração da pandemia no estado fez com que o Comitê Extraordinário Covid-19 determinasse a regressão de novas regiões mineiras em relação ao Minas Consciente, plano de retomada das atividades econômicas. A partir deste sábado (08/05), a macrorregião de saúde Norte irá recuar para a onda vermelha do programa, que permite a flexibilização segura e gradual da economia.

Com isso, 11 das 14 macrorregiões mineiras seguem na fase vermelha, etapa que permite o funcionamento de todas as atividades econômicas desde que sejam cumpridas regras como maior distanciamento entre pessoas e limitação máxima de público em eventos e empresas. Por outro lado, as macrorregiões Triângulo-Norte, Vale do Aço e Jequitinhonha seguem na onda amarela.

O Comitê Extraordinário Covid-19, que se reúne semanalmente para avaliar a situação da pandemia no estado, conta com integrantes de instituições como a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), Ministério Público (MP), Associação Mineira dos Municípios (AAMM), Defensoria Pública, entre outros órgãos.

O comitê também permitiu a progressão para a onda amarela das microrregiões de saúde de Itabira e João Monlevade, na região Central; e de Além Paraíba, Juiz de Fora/Lima Duarte e Santos Dumont, na região Sudeste.

Após uma piora nos índices de Covid-19, as microrregiões de Araçuaí e Diamantina/Serro, na região Jequitinhonha; de Patos de Minas/São Gotardo, na região Noroeste; de Brasília de Minas/São Francisco/Januária, na região Norte; e de Muriaé e Ubá, na região Sudeste, irão regredir para a onda vermelha.

Confira a tabela completa das ondas por região:

Descrição das ondas

Onda roxa: serviços essenciais, toque de recolher e outras restrições

Onda vermelha: serviços essenciais e maior restrição da atividade econômica

Onda amarela: serviços não essenciais e média restrição da atividade econômica

Onda verde: serviços não essenciais e menor restrição da atividade econômica

Macrorregião

Reclassificação da fase de abertura
Classificação anterior

Reclassificação (de 08/05/2021 a 14/05/2021)

CentroOnda vermelhaOnda vermelha[1]
Centro-SulOnda vermelhaOnda vermelha
JequitinhonhaOnda amarelaOnda amarela[2]
LesteOnda vermelhaOnda vermelha
Leste-SulOnda vermelhaOnda vermelha
NordesteOnda vermelhaOnda vermelha
NoroesteOnda vermelhaOnda vermelha[3]
NorteOnda amarelaOnda vermelha (regressão de fase)[4]
OesteOnda vermelhaOnda vermelha
SudesteOnda vermelhaOnda vermelha[5]
SulOnda vermelhaOnda vermelha
Triângulo-NorteOnda amarelaOnda amarela
Triângulo-SulOnda vermelhaOnda vermelha
Vale do AçoOnda amarelaOnda amarela

[1] Microrregiões de Itabira e João Monlevade (Macrorregião Central): onda amarela a partir de 08/05/2021

[2] Microrregiões de Araçuaí, Diamantina e Serro (Macrorregião Jequitinhonha): onda vermelha a partir de 08/05/2021

[3] Microrregiões de Patos de Minas/São Gotardo (Macrorregião Noroeste): onda vermelha a partir de 08/05/2021

[4] Microrregiões de Brasília de Minas/São Francisco/Januária (Macrorregião Norte): onda vermelha a partir de 08/05/2021

[5] Microrregiões de Além Paraíba, Juiz de Fora/Lima Duarte e Santos Dumont (Macrorregião Sudeste): onda amarela a partir de 08/05/2021

Postagens Recentes