O Comitê Extraordinário Covid-19 promoveu ajustes nos protocolos das regiões da onda vermelha com cenário assistencial e epidemiológico desfavoráveis. A partir de sexta-feira (11/06), academias, clubes e salões de beleza poderão funcionar nesta etapa do Minas Consciente. Além disso, o governo do estado permitiu a abertura de bares e restaurantes no fim de semana do Dia dos Namorados, desde que esses estabelecimentos mantenham as medidas sanitárias necessárias.

Com a Deliberação nº 161/2021, publicada nesta quinta-feira (10/06), 12 macrorregiões mineiras estarão na onda vermelha, enquanto as regiões Triângulo-Norte e Vale do Aço permanecem na onda amarela. Em relação à semana de Corpus Christi, apenas as macrorregiões Norte e Triângulo-Sul sofreram alterações. Enquanto a primeira regrediu da onda amarela para a vermelha, a segunda deixou o cenário desfavorável para se enquadrar nas regras básicas da onda vermelha.

Já as macrorregiões Centro-Sul, Leste-Sul, Oeste e Sul permanecem em cenários epidemiológico e assistencial desfavoráveis, o que aponta para a situação crítica da pandemia nesses locais. Após este fim de semana, o funcionamento de bares e restaurantes volta a ser limitado até 19h, sendo permitido o delivery após esse horário — sem possibilidade de retirada de alimentos e bebidas no balcão. Outros eventos e atrativos naturais e culturais permanecem proibidos.

Na semana passada, o governo estabeleceu restrições mais rígidas para regiões em cenário assistencial e/ou epidemiológico desfavoráveis. A classificação nesses cenários é realizada a partir de metodologia proposta pela Secretaria de Estado de Saúde. Nesses casos, os territórios em onda vermelha passam por análise minuciosa dos indicadores de incidência e espera por atendimento para identificar as tendências de piora na transmissão da doença e na ocupação de leitos.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), apesar da flexibilização permitida em função do Dia dos Namorados, o alto número de casos de Covid-19 e a espera por internação pedem cautela. Até quinta-feira (10/06), o estado registrava 1,65 milhão de casos da doença, 42 mil mortes e uma média de 7.729 casos nos últimos sete dias.

Flexibilização pontual em BH

Em coletiva de imprensa realizada nessa quarta-feira (09/06), o prefeito da capital mineira, Alexandre Kalil (PSD), também anunciou medidas para flexibilizar os horários de bares e restaurantes. Em caráter excepcional, a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) permitiu, por meio do Decreto nº 17.629/2021, a extensão do funcionamento desses estabelecimentos até 1h da manhã no Dia dos Namorados (12/06). Nos outros dias, a partir deste domingo (13/06), horário foi ampliado para até 22h.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a ocupação dos leitos de UTI para pacientes com Covid-19 voltou a subir em Belo Horizonte nessa terça-feira (08/06). O indicador saiu de 75,7% para 76,6%, permanecendo, pelo 102º dia consecutivo, na zona crítica da escala de risco. Um novo boletim deve ser divulgado ainda na tarde desta quarta-feira (09/06).

Postagens Recentes