Como usar a decoração para potencializar as vendas de Natal

A mudança nas vitrines sinaliza a chegada do fim do ano no comércio. Não só os objetos, mas a sonorização e a iluminação das lojas expressam o espírito do Natal ao passo que atraem clientes ávidos para presentear amigos e familiares nesse período, o mais movimentado para o varejo do país. Para incrementar as vendas, empresários de diversos segmentos têm se esforçado para fazer uma decoração capaz de cativar a clientela e potencializar produtos estratégicos para a empresa.

Especialmente nesta época do ano, o visual merchandising se torna uma ação poderosa para se diferenciar em relação à concorrência, atrair novos clientes e tornar a jornada de compra mais especial. Mas você sabe como planejar um novo visual para a sua loja, de forma a transformar olhares interessados em direção às vitrines em mais vendas nesse período? A Fecomércio MG irá ajudar você a caprichar na decoração natalina.

Aproveite as nossas dicas e faça a diferença neste fim de ano.

1. Utilize suas mercadorias para decorar. Dar um toque natalino à decoração com produtos que você já possua em sua loja não só é possível, como original. Ao utilizá-lo, você expõe alguns desses itens aos clientes e pode montar combinações charmosas, desde que haja de forma equilibrada. Para alguns segmentos, como o de roupas, calçados e joias, a dica é investir em manequins com cores da época, meias e botas na decoração de vitrines e mais destaque para as joias douradas.

2. Dê atenção aos pontos quentes da loja. Os locais de exposição que ficam na altura dos olhos – os chamados hot points (pontos quentes) – são os primeiros a serem vistos pelos clientes. Por isso, possuem alto potencial de atração. Para valorizá-los, invista em expositores centrais, ilhas baixas e prateleiras na altura dos olhos. O caixa da loja é outro lugar a ser planejado, pois os clientes o utilizam para informações, pagamentos e trocas. Então, capriche em cada detalhe!

3. Destaque os produtos-chave para as vendas. A decoração de Natal da sua loja precisa valorizar os produtos que lhe oferecem mais lucratividade e atraem clientes. Esses itens merecem não só destaque nas vitrines, como a decoração natalina construída em seu entorno. Os produtos podem ganhar a atenção dos clientes por meio da exposição em caixas de presentes, ao redor de uma árvore de Natal ou sendo protagonistas de algum ambiente no estabelecimento.

4. Ressalte sua identidade visual. Ter sua marca identificada pelo público requer trabalho e tempo. Diante disso, é fundamental que a decoração de Natal supere os elementos tradicionais da época e combine com os símbolos, cores, letras e outros recursos da sua identidade visual. Se você possui uma loja de roupas, por exemplo, use os tons da sua marca para preparar looks especiais de Natal para seus manequins e investir em elementos personalizados.

5. Decorações temáticas. Avalie qual é a mensagem que sua loja deseja transmitir. Se a ideia é valorizar um determinado tema, há muitas opções acessíveis de decoração que vão além do tradicional Papai Noel e das árvores natalinas. Utilize o teto da loja para pendurar elementos; as paredes, móveis e vitrines para fixar objetos; decore almofadas; invista em esculturas e arranjos; intercale bonecos natalinos com manequins.

6. Dê novas soluções a velhas escolhas. Na moda, é bastante usual realizar releituras de coleções antigas, dando um toque de modernidade ao que havia se tornado démodé. Com a decoração natalina não é diferente. É possível investir em um novo visual para enfeites comuns, como criar uma árvore de Natal apenas com nichos, enfeites suspensos com papel colorido ou crochê e paredes natalinas feitas com pisca-pisca. Pesquise outras referências e solte a imaginação!

7. Coloque seu cliente no clima do Natal. Uma boa sonorização do ambiente, além de fortalecer o espírito natalino, ajuda a envolver quem vai à loja em busca de um produto ou serviço. Já uma iluminação caprichada atrai os olhares para as vitrines e destaca itens específicos, como produtos promocionais, kits e brindes. Por isso, invista em luzes direcionadas, cordões de luz que conectem ambientes estratégicos para sua loja, além de uma iluminação sofisticada.

8. Menos cor, mais atitude. Para se diferenciar da concorrência, sua loja pode adotar uma decoração monocromática, seja com alguma das cores típicas do Natal ou com a cor da sua marca. Nesse caso, o mais importante é variar texturas, tamanhos e formas, para que a decoração ganhe a atenção do cliente. Afinal, ‘menos é mais’! O excesso pode ter efeito oposto ao desejado, afastando o cliente da loja ou prejudicando a experiência de compra.

9. Faça sua decoração conversar com seu público. De nada adianta produzir uma bela decoração, ser criativo e/ou sofisticado, se o seu público pede por uma abordagem mais despojada e minimalista. Por isso, preste atenção ao perfil do seu público, use as redes sociais para conhecer a opinião dos seus clientes, desperte a curiosidade de quem frequenta sua loja e mostre o passo a passo da decoração, gerando expectativa para as compras.

Entenda o perfil do seu negócio, converse com a equipe e cative seu público. O Natal pode ser mágico para sua loja se você tornar a jornada de compra especial para o cliente!