Congresso aprova mudança na meta fiscal de 2014

O Congresso Nacional aprovou o projeto que altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para revisar a meta fiscal deste ano. A proposta, enviada em 11 de novembro ao Legislativo, passou por uma série de desafios em sua tramitação, gerando desgaste ao governo. Ministros deixaram de ser anunciados na data programada, viagens foram canceladas e a presidente Dilma Rousseff teve que pedir pessoalmente dedicação à sua base de apoio para aprovar a medida.

Segundo o economista da Fecomércio MG Caio Gonçalves, a aprovação causa um efeito negativo no que diz respeito ao cumprimento da lei no país. A alteração de uma lei por pressão do governo impacta na sua própria imagem já desgastada e expande para o todo o país, já que tanto os brasileiros quanto a comunidade internacional poderão duvidar até mesmo do que consta em lei brasileira. “Dessa forma, torna-se ainda mais relevante uma alteração da postura do governo e a busca de equilíbrio das contas públicas em 2015”, conclui.