De Madrid Fusión para o Minascentro

Depois do sucesso da gastronomia mineira homenageada no XI Congresso Internacional Gastronômico Madrid Fusión, realizado em janeiro na Espanha, foi idealizado o 1º Salão da Gastronomia Mineira, evento que faz parte do 5º Salão Mineiro do Turismo, que acontece hoje (15/03) e amanhã (16/03), no Minascentro, em Belo Horizonte. O objetivo do 1º Salão é replicar a participação de Minas Gerais no Congresso, dando oportunidade para os visitantes assistirem, ao vivo e gratuitamente, às mesmas apresentações feitas na Espanha.

O chef e gerente de Gastronomia do Senac, Edson Puiati, que esteve também presente no Madrid Fusión, minitrou, juntamente com o chef Guilherme Melo, palestra no 1º Salão da Gastronomia Mineira, replicando a apresentação “O Milho”. Milho de canjica, curau doce, bolo de milho, pastel de angu, milho cozido, broa de fubá, pamonha, suco de milho… . As variações são muitas, mas o produto é o mesmo: milho. “Na Espanha, apresentamos o produto e mostramos tudo o que podemos fazer com ele, mostramos o jeitinho mineiro”, diz o chef.

A apresentação mostrou imagens da culinária mineira, sobretudo das cozinhas de fazendas, evidenciando como o milho pode ser servido puro, acompanhado de carnes, de verduras e como sobremesa. Mostrou, ainda, a possibilidade de se transformar nas especiais pamonhas. O gerente do Senac falou também sobre o que se pode fazer com o milho, como artesanato, reciclagem, sustentabilidade e artes. Em Madri, eles mostraram para os visitantes o milho em quatro elementos: o fogo (usando como exemplo o curau), o ar (mostrando a espuma da canjica), a terra (evidenciando o fubá torrado) e a água (com minipipocas).

Além disso, os chefs abordaram outras delícias tipicamente mineiras, como cachaça, queijo, café e pão de queijo. Falaram, ainda, sobre a cultura alimentar mineira. “A comida mineira não é só o prato em si”, relata Puiati. O secretário de Turismo do Estado de Minas Gerais, Agostinho Patrus Filho, acrescentou que esse evento marcará a história da nossa gastronomia, trazendo oportunidade para muitos que têm na culinária sua forma de sustento. “Essa é uma oportunidade para conhecer as tendências, entender mais da gastronomia, dos nossos sabores e criatividade”, disse.