IPCA acelera para 0,51% e ultrapassa teto da meta

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 0,51% em novembro, após alta de 0,42% em outubro, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Apesar de ter acelerado em relação ao mês anterior, o IPCA ficou abaixo da estimativa média de 17 instituições financeiras e consultorias ouvidas pelo Valor Data.

A inflação medida pelo IPCA acumulou alta de 6,56% nos 12 meses encerrados em novembro. É o 4º mês consecutivo que o índice para 12 meses fica acima do teto da meta estipulada pelo governo para o mesmo período de 2014, que é de 6,50%.  “Com isso, o governo deve contar com que os efeitos do primeiro aumento de 0,25 p.p. ocorrido na Selic em outubro apareçam em dezembro, sendo que a variação do IPCA no último mês do ano não poderá ultrapassar 0,87% para não superar o teto da meta”, ressalta o economista da Fecomércio MG Caio Gonçalves.