Resultado de geração de emprego em maio

De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do trabalho e Emprego, a criação de empregos formais tem o pior resultado para o mês de maio desde 1992. O saldo total de empregos formais gerados no mês foi de 58,8 mil, queda de 18,3% quando comparado ao saldo do mesmo mês de 2013.

Se comparado com mês anterior, o número de postos de trabalho gerados cresceu 0,14%, com 1,8 milhões de admissões contra 1,7 milhões de desligamentos em maio.

Com o resultado de maio o número de postos de trabalho gerados no acumulado de 2014 chega a 543,2 mil.